COLUNA DO DIA: O “desabafo”

Por Calvet Filho

A Ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário pediu a renúncia do
Pastor Marco Feliciano, justificando seu pedido com as seguintes palavras: “A
sociedade indica que não é justo o que está ocorrendo”. Pois bem,
Excelentíssima Senhora Ministra, há tempos a sociedade vem indicando o que não
é justo, e dentre inúmeros exemplos irei citar os que eu considero que era para
a Excelentíssima também pedir a renúncia de tais protagonistas:
José Sarney e os escândalos com os atos
secretos, não me lembro de a senhora Ministra pedir a renuncia dele e muito
menos, ele renunciar, mas me lembro de que a sociedade se mobilizou e concluiu
que não era justo o que estava ocorrendo.
Renan Calheiros foi o campeão de atos secretos
no Congresso. Reelegeu-se em 2010, e três anos depois (2013) foi reconduzido à
Presidência do Senado, e não me lembro da senhora Ministra pedir a renúncia de
Renan, mesmo quando a sociedade está indicando que não é justo. Eu (Calvet
Filho) assinei um abaixo-assinado que está rolando na internet contra ele.
João Paulo cunha e José Genoíno, ambos
deputados federais, e ambos envolvidos no maior escândalo do país, “o
mensalão”. Foram agraciados com a Presidência das Comissões de Constituição,
Justiça e Cidadania, e não vi a senhora excelentíssima Ministra se manifestar
sobre o assunto, mesmo com a sociedade indicando que não é justo.
Que bom que a senhora é Ministra de Direitos
Humanos e eu posso falar, já que também faço parte da sociedade, que aqui no
Maranhão ainda tem muitas injustiças e o povo indica sempre que isso vem
ocorrendo. Mas falta alguém assim de “coragem”, de “pulso” e “ousadia” para
lutar por nós!
Aqui (Maranhão), só se dar bem quem tem
“padrinhos políticos”. Nem preciso dizer de qual família, né? Não tem educação
de qualidade; a saúde está doente; os poderosos massacram os mais fracos e
oprimidos; a segurança é deficiente; o efetivo da Polícia Militar é o menor do
país; e os policiais mal remunerados. Eu suplico, peça a renúncia dos
governantes do nosso estado, dos políticos corruptos do nosso país, enfim… Peça
a renúncia da pobreza, da humilhação, das fraudes, do preconceito com os
evangélicos e católicos, que só querem valorizar a família.
Eu faço parte da sociedade, e estou indicando
que não é justo continuarmos do jeito em que estamos!

Deixe uma resposta