Conselho de Ética da Câmara de Rosário investiga vereador por suposta quebra de decoro.

Vereador Nazareno (PTdoB)

Na
sessão de ontem (04), a Comissão de Ética da Câmara municipal encaminhou ofício
à mesa diretora da casa, comunicando a abertura de processo legislativo contra
o vereador Nazareno (PTdoB), por suposta quebra de decoro parlamentar, o que
poderá cassar o mandato de Nazareno, caso o pleno decida pelo tal.
O
presidente da comissão de ética, vereador Jardson Frazão (PP), quer saber de
qual parlamentar o vereador Nazareno se referiu, quando desferiu as palavras na
sessão do dia (25), dizendo “que não havia se elegido com ajuda de
traficante e não distribuiu materiais de construção em troca de votos”
.
Segundo o vereador Jardson Frazão, presidente da comissão de ética, o parlamentar
trabalhista brasileiro colocou toda a câmara em cheque, ou em situação vexatória
diante de dezenas de pessoas da sociedade que acompanhavam a sessão naquele dia,
ao não revelar de quem estava se referindo na tribuna.
Jardson
lembrou que antes de ser vereador, Nazareno idealizava várias polêmicas contra
prefeitos passados, e que por ser um simples cidadão comum, não havia punições
para o mesmo. Agora é diferente! Por ser vereador eleito pelo povo, Nazareno deve ter
cautela no que vai falar na tribuna, e por não revelar de quem estava se
referindo, responderá tal processo interno”
. Disse o presidente da
comissão.
Segundo
o regimento interno da casa, o investigado, que no caso é o vereador Nazareno
(PTdoB), deverá responder às denúncias à comissão de ética da câmara, e para
isso, terá o prazo de 15 (quinze) dias para apresentar sua defesa ou justificativa
e se livrar dessa bronca.
O vereador
Nazareno respondeu no grande expediente que não tem medo do que pode acontecer,
e completou dizendo, que na próxima sessão irá revelar alguns processos por
desvio de dinheiro público, onde segundo ele, tem vereador envolvido.
Nazareno
deve passar pelo “crivo” da comissão de ética, que é composta pelo Presidente
Jardson Frazão (PP), Relator Magno Nazar (PRP) e Membro Sandro Marinho (PSD).
A
qualquer momento mais informações.

Deixe uma resposta