Muita confusão marcou o dia de manifestações em Rosário nesta quarta-feira.

Prefeita Irlahi entre a tropa de Choque da PM

Muita, mais muita
confusão marcou o dia de manifestações em Rosário, nesta quarta-feira (26),
durante protesto nas principais ruas da cidade.
O ato já havia sido
marcado há vários dias pelas redes sociais e carros volantes, que anunciaram a
concentração do protesto para a Praça Benedito Leite, no centro da cidade.
Segundo
informações, a equipe do choque da polícia militar esteve presente para
garantir a segurança patrimonial de alguns prédios públicos e privados, como
Bancos, prefeitura e até a prefeita Irlahi Linhares (PMDB), conforme foto
acima.
Ainda segundo
relato de um manifestante, o protesto estava indo tudo muito bem, até a hora em
que a prefeita teria decidido sair na porta de sua residência para prestigiar a
manifestação. Daí pra frente, não prestou mais o negócio.
Foram várias
sessões de vaias, gritos e muita confusão depois que Irlahi resolveu sair na
rua. Um dos manifestantes deu um banho de vinho na gestora municipal, e acabou
sendo preso pelos Policiais Militares.
Outro episódio foi
de uma suposta agressão por parte de um segurança da prefeita, que teria dado
um “tapa” em uma mulher que fazia parte do protesto. O Clima esquentou de vez.
Segundo
informações, os policiais tentaram a todo o custo, proteger a integridade
física de Irlahi, por que os manifestantes queriam partir pra cima dela na
tentativa de agredi-la. Parecia que os manifestantes estavam enfurecidos com a
presença da administradora pública municipal.
Não houve registros
de depredações em prédios e ou feridos. Contudo, a manifestação de ontem foi
totalmente diferente da primeira ocorrida no domingo (23)

Deixe uma resposta