Parabéns, mulher!

 

Mundialmente vinculada às
reivindicações femininas por melhores condições de trabalho, justiça e
igualdade social, a passagem do Dia Internacional da Mulher, é um momento
de reflexão sobre os abusos históricos contra as mulheres, mas também sobre
as conquistas e mudanças sociais conseguidas.
Desvincular as lutas e
conquistas da mulher a cada ano que passa não é possível, pois a própria
criação do Dia Internacional da Mulher surgiu a partir de um episódio trágico,
marcado e causado pela histórica repressão das mulheres.
Em 1857, 129 tecelãs de Nova
Iorque foram mortas carbonizadas dentro da fábrica onde trabalhavam porque
organizaram uma greve por melhores condições de trabalho e contra a jornada
de doze horas.
No
dia 08 de março de 1857, os patrões e a polícia trancaram as portas e
atearam fogo, matando as 129 operárias carbonizadas dentro de uma
tecelagem.
A manifestação das operárias
chamou a atenção na época por ser a primeira greve organizada
exclusivamente por mulheres e pela tragédia do desfecho.

Deixe uma resposta