Pedofilia e abusos serão discutidos no conclave, diz cardeal americano

As questões da pedofilia e do abuso
infantil dentro da Igreja Católica devem ser algo importante a ser discutido
nas congregações gerais das quais cardeais de todo o mundo participam nesta
semana no Vaticano, e também no posteriorconclave que elegerá o novo Papa,
disse nesta segunda-feira (4) o cardeal arcebispo de Chicago, o norte-americano
Francis George. O cardeal descreveu os escândalos de pedofilia como uma
“terrível ferida no corpo da Igreja”, e disse que o próximo Papa deve estar
atento à questão.

“A questão sexual será importante, porque temos vitimas de abuso sexual, não
apenas cometidos por pais, vizinhos, outras pessoas, mas por padres, por
bispos. É uma terrível ferida no corpo da Igreja”, disse George na tarde desta
segunda-feira (4), em coletiva de imprensa após o primeiro encontro oficial dos
cardeais no Vaticano.

“Temos zero tolerância para qualquer
um que tenha cometido abusos contra crianças, isso tem que ser aceito. O
próximo papa tem que estar muito atento a isso”, completou.

George deu entrevista ao lado do cardeal arcebispo de Washington, Donald Wuerl.
Ambos participaram na primeira congregação realizada nesta manhã, que contou
com 103 cardeais eleitores. Os 12 cardeais com direito a voto que ainda não
estão em Roma têm sua chegada prevista entre a tarde desta segunda e a manhã de
terça-feira (5).
Os cardeais descreveram o encontro
desta manhã como cordial e tranquilo, e afirmaram que irão utilizar todo o
tempo necessário para que as deliberações sejam feitas com calma. “Os cardeais
devem estar livres de pressões externas e também internas”, disse George.
BNC Mundo

Deixe uma resposta