Rosariense vira destaque ao fiscalizar recursos da Cidade.

Kátia Oliveira
A rosariense
Kátia Oliveira, funcionária da secretaria de saúde do município, tem sido uma
pessoa fundamental e de elevada importância na fiscalização dos repasses
oriundos dos governos Federal e Estadual à cidade de Rosário. Sempre mostrando
preocupação com a saúde da população do lugar, Kátia tem desempenhado o papel
de fiscalizadora da gestão municipal, em busca da aplicação dos recursos nas
áreas devidas.
Veja abaixo
os números extraídos do Portal da Saúde:
19/03/2013 R$ 139.035,00 Saúde da Família 

19/03/2013 R$ 29.010,00 Saúde Bucal 

15/03/2013 R$ 85.500,00 Agentes Comunitários de Saúde
14/03/2013 R$ 16.841,00 Farmácia básica
03/2013 R$ 110.080,56 Fundo da Saúde (repassado pelo Estado)


O total dos valores repassados ao município de
Rosário até o dia 20/03/2013 é de R$ 380.016,56 (trezentos e oitenta mil,
dezesseis reais e cinquenta e seis centavos), isso neste mês de MARÇO, só para
atender a Saúde do município.
Os valores dos programas federais da saúde na atual gestão
estão mais baixo, mas isso não é culpa do Conselho Municipal de Saúde, ou
qualquer outro órgão que tenha impedido ou bloqueado recursos por questões de
denuncias ou por “esconder ou guardar” documentos. Mas sim, porque houve
alguns erros nas informações repassadas. Ou seja, na produtividade ou na alimentação
do sistema do CNES. “Coloco essa
observação aqui para que não procurem culpados para justificar falhas de “NINGUÈM”.
Agora, claro, do meu ponto de vista acho que muitos valores nem mereciam chegar
à conta da prefeitura, já que não encontramos os serviços que estão sendo
informados ao Estado e ao Ministério da Saúde
”. Declarou!
O vereador Jardson Frazão (PP), usou sua página no facebook
para elogiar a postura firme de Kátia, e aproveitou a oportunidade para
alfinetar o blogueiro Jerfferson de Jesus, assessor de comunicação da
prefeitura, pedindo que publicasse tal matéria de interesse público.
Em sua escrita, Jardson acrescentou perguntando ao blogueiro
rosariense “onde fica a imparcialidade”?
O vereador não gostou de uma publicada em um blog da cidade de Rosário, onde
coloca em cheque a amizade de dele (Jardson) com um amigo, e decidiu rebater o
blog usando a arma da imparcialidade.
Dúvidas
sobre os valores? Clique Aqui

Deixe uma resposta