Vereador acusa DNIT de não prestar informações sobre desapropriação as margens da BR 135.

O Vereador Luis Vilaça (PP)
formulou expediente na Câmara Municipal de Bacabeira, cobrando explicações
sobre a desapropriação dos trechos ocupados por residências nos Distritos de
Peri de Baixo, Peri de Cima e na Sede do Município. O Vereador acusa o DNIT de
não prestar esclarecimentos as Famílias sobre questões que eram pra ser
discutidas no inicio das obras, segundo ele.
Em seu pronunciamento, o
Vereador afirmou que o DNIT tem o direito de informar sobre todas as questões
que tem afligido os moradores que vão, sem sucesso, em busca de informações.
Luis Vilaça criticou o DNIT
por divulgar o avanço das obras sem citar as mais de duzentas famílias que irão
ter que sair de suas casas.
“O DNIT vem a público
informar sobre o avança das Obras e não informa sobre quais famílias serão de
fato atingidas, quando acontecerá a desapropriação, qual será o critério de
avaliação de moradias e que direitos terão estas pessoas. A obra é importante e
necessária, no entanto é preciso conhecer o projeto”.  Declarou Vilaça.
O Parlamentar usou a tribuna
da Câmara para propor à mesa diretora da casa a realização de uma Audiência
Pública com a equipe do DNIT, responsável pela duplicação, para esclarecer as
questões de desapropriação.
“Quero propor a aos colegas
desta casa, em especial a mesa diretora que façamos o convite ao DNIT e aos
responsáveis pelas obras para uma Audiência Pública, a fim de esclarecermos
todas estas dúvidas aqui levantadas”. Afirmou o parlamentar.
Na ultima segunda-feira, a superintendência
Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (SRMA/DNIT)
informou que as obras de duplicação da BR-135, seguem em ritmo avançado. Segundo
o órgão, os 27,3 quilômetros do primeiro lote deverão ser concluídos em outubro
do ano que vem, no entanto, esse mesmo prazo poderá ser antecipado em seis
meses, dependendo das condições climáticas no trecho da obra, nos próximos
meses.

Deixe uma resposta