Vereadores de Santa Rita, Rosário e Bacabeira discutirão metropolização.

Os vereadores da cidade de Santa Rita
iniciaram, ontem, 08, uma séria de visitas às câmaras municipais de Bacabeira e
Rosário, com o objetivo de discutirem a inclusão dos municípios na metropolização
que está por vir.
A iniciativa dos parlamentares santarritenses
é louvável. Haja vista, que os municípios enquadrados no projeto de
metropolização, no caso Bacabeira, Rosário e Santa Rita, não estão sendo
beneficiadas em nada com a implantação dos grandes empreendimentos que estão
chegando à região e, nem tão pouco, pelo governo estadual.

Para o presidente da câmara de Santa
Rita, vereador Marcio Muniz (PSDB), os estes três poderes legislativos deverão
caminhar com o mesmo pensamento de unificação, para terem força na discussão de
implantação dos grandes projetos programados para a região.
A idéia da formação de uma comissão
conjunta com os três municípios, tem por objetivo direto, fortalecer toda a
região do munim, da qual Rosário, Santa Rita e Bacabeira fazem parte.
Para o presidente da câmara de
Rosário, vereador Léo Cavalcante (PTB), a idéia de união entre as câmaras das
cidades mais próximas, já havia sido discutido entre os vereadores de Rosário. Segundo
ele, até agora a cidade só obteve prejuízos desde que a Refinaria se implantou
na região. Até o governo do estado parece fazer vistas grossas para a cidade.

Léo e os demais vereadores de Rosário
apoiaram a iniciativa de comungar com as demais câmaras municipais da região,
no intuito de garantir o direito pleno na discussão de metropolização. Marcio Muniz
no final da reunião citou um exemplo de uma rede internacional de supermercados
que se instalou na cidade, sem ao menos a câmara ter tomado conhecimento. “Isso
é só um exemplo de como as coisas estão acontecendo na região”. Disse.
A câmara de Santa Rita estendeu o convite
para os vereadores de Rosário, para participar da primeira reunião das câmaras,
que está prevista para o dia 21 de junho, no prédio da câmara municipal de
Santa Rita.
A ideia é por demais valiosa

Deixe uma resposta