Agora o Instituto Data M apelou…

data-mA reclamação é geral pelos ‘Modus operandi’ do instituto de pesquisa Data M na realização de suas avaliações de cenário político eleitoral no Maranhão.

Só nesta semana, o Data M cometeu gafes que causaram gargalhadas em várias cidades do estado, a exemplo de São Luís e agora, Bacabeira.

Em São Luís, o instituto elevou consideravelmente as porcentagens do prefeito Edivaldo Holanda (PDT) e diminuiu as do deputado Wellington do Curso de 18% para 12%.

Em Bacabeira não foi diferente. Dono de uma rejeição estrondosa, o Prefeito Alan Linhares (PCdoB) apareceu, não sei como, liderando a pesquisa do instituto quando, nunca nessa vida, havia chegado à casa dos 30%.

Essa mesma dúvida párea na cabeça de milhares de maranhenses que acompanha o “Modus operandi” das pesquisas feitas pela Data M.

Um fato interessante e curioso é que o mesmo publicitário que atua para o prefeito Edivaldo Holanda, é o mesmo que trabalha as publicidades do prefeito de Bacabeira, Alan Linhares (PCdoB). Coincidência ou não, mas é muito estranho e suspeito.

Não quero crer que o jornalista José Machado, dono da Data M, colaborou para a realização de uma farsa eleitoral em São Luis, em Bacabeira ou em qualquer município do estado.

No entanto, vale ressaltar que pesquisas mais sérias feitas por institutos diversos devem ser divulgadas já a partir da semana que vem, e mostrará o real cenário eleitoral para prefeito de Bacabeira e São Luís.

Deixe uma resposta