As movimentações pós-diploma na política de Bacabeira

Apressado como cru”!

É mais ou menos assim que muitos estão tratando o atual momento político antes da diplomação dos eleitos na eleição de 02 de outubro em Bacabeira, que ocorrerá na próxima sexta-feira, 16.

Todos os eleitos, sem exceção, estão aguardando o pós-diploma para iniciar as movimentações acerca do próximo mandato, que iniciará a partir do dia 1° de janeiro de 2016.

Isso vale tanto para o poder legislativo como para o executivo.

Na câmara, por exemplo, os vereadores eleitos ainda não começaram as discursões sobre a formação e eleição da nova mesa diretora. Há, na verdade, conversas rasas sobre quem poderá galgar a cadeira de presidente. No entanto, como dissemos acima, essas conversas ainda são muito superficiais.

Por enquanto, quem já ensaiou uma candidatura a presidente da Câmara foram os eleitos: Antônio Romualdo (DEM) e Dino Neto (PPS), pelo grupo do atual prefeito Alan Linhares (PCdoB); E Tchabal de Lauzinho (PROS) e Jefferson Calvet (PSC) pelo grupo da futura prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo (PMN).

Por enquanto não se viu sinais de revanchismo em ambos os grupos. Pois, ao que parece, há uma sintonia aparentemente afinada e um consenso pré-definido para a eleição de 1° de janeiro de 2017. Só resta saber quem articulará melhor.

No executivo acontece a mesma situação.

A prefeita eleita Fernanda Gonçalo também não montou ainda sua equipe de governo para 2017. Ela e o esposo Hilton Gonçalo (PCdoB), também prefeito eleito da cidade de Santa Rita, acreditam que as discussões só devem ocorrer após a diplomação para minimizar as expectativas antecipadas, a fim de não prejudicar o planejamento pré-definidos para os primeiros 100 dias de governo.

Há quem acredite que o secretariado de Fernanda só será divulgado no ato de sua posse, o que causaria suspense total, muito embora esta informação não seja oficial.

Também está prevista para a posse a anunciação das ações a serem desenvolvidas nos primeiros 100 dias de governo, nas áreas onde Fernanda pretende apresentar impactos logo no início de sua gestão.

Na verdade essas movimentações politicas na cidade de Bacabeira só se desenharão após o dia 16 deste mês, data em que os eleitos serão oficializados de direito como detentores dos cargos que almejaram e conquistaram no voto popular.

Enquanto isso fica apenas a curiosidade e expectativa…

Deixe uma resposta