Maioria apoia vereador Kiko para presidente da Câmara de Rosário

Restando praticamente uma semana para a posse dos novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos no pleito deste ano, e também para a eleição da Mesa Diretora nas Câmaras Municipais, que acontece após o ato de posse, os vereadores do município de Rosário já definiram mais ou menos o rumo do parlamento naquela cidade.

Um acordo firmado entre oito dos treze parlamentares rosariense escolheram o vereador Luis Carlos, o Kiko (PMDB), como candidato a presidente da Câmara para o biênio 2017/2018, que inicia em janeiro. É certo que a eleição só acontecerá no próximo domingo, 1º, e muita coisa ainda pode acontecer nos bastidores em meio aos interessados na eleição, mas o acordo já foi celebrado e a chapa montada.

Segundo informações repassadas ao Blog Jefferson Calvet, a chapa encabeçada pelo vereador Kiko está montada assim:

Presidente – Kiko;

Vice-presidente – Carlos do Remédio (PCdoB);

1º Secretário – Gilvan Mocidade (PRB);

2º Secretário – Sandro Marinho (PDT).

Os demais que também já declararam apoio ao peemedebista são: Jardson Rocha (PPS), Ademar do Sindicato (PSDB), Hamilton Filho (PSD) e o atual presidente da Câmara, vereador Agenor Brandão (PRB).

Hamilton, Brandão, Járdson, Ademar, Gilvan, Remédio e Sandro declararam apoio a Kiko

O fechamento do grupo de apoio ao vereador Kiko aconteceu na manhã deste sábado, 24, durante confraternização natalina na casa de eventos do Marlon, em Rosário.

Veja acima a foto dos 8 vereadores reunidos na casa de eventos.

Kiko é o PMDB, mesmo partido da prefeita reeleita Irlahi Linhares, que também tem outro aliado como pretenso candidato ao cargo maior do legislativo, que é o vereador Anselmo Bruno (PHS). Por enquanto, apenas os dois governistas ensejaram concorrer à presidência. Entretanto, com esse acordo firmado, é provável que Kiko seja conduzido ao cargo, se não haver reviravolta daqui até lá.

Para conseguir concretizar o intento de se tornar presidente da Câmara de Rosário, Kiko, agora, só precisa manter o apoio declarado dos oito vereadores.

E nada mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *