SINE de Bacabeira precisa acabar…

vagas-jovem-aprendiz-sine-2016

Já virou rotina a onda de reclamações diárias vindas do sistema nacional de empregos – SINE na cidade de Bacabeira, quando o que está em jogo é emprego.

Quando foi instalado na cidade de Bacabeira no ano de 2011, quando surgiram os boatos da construção da Refinaria fantasma, o SINE seria ou deveria ser um canal para facilitar a contratação de mão de obras ante os “empreendimentos” que chegasse ao município. Entretanto, de uns anos para cá virou balcão de negócios para oportunistas.

O blog sempre recebe denúncias de trabalhadores, principalmente os da cidade de Bacabeira, que cansam de ir ao órgão em busca de vagas de emprego e não conseguem. Muitos deles até dormem na porta do órgão e nada.

________________ Leia maisAQUI

As reclamações são inúmeras.

Na manhã desta quarta-feira, 22, recebemos mais uma denúncia dando conta de que havia surgido vagas de emprego na Serveng, empresa responsável pela obra de duplicação da BR-135 na cidade de Bacabeira. Segundo a denunciante, que preferiu não se identificar por medo de repressão, a empresa teria mandado ao SINE solicitação para as vagas de Pedreiro, Armador e Ajudante. No entanto, segundo informações, centenas de trabalhadores foram ao órgão responsável pela seleção em busca dessas vagas e foram informados de que nenhuma solicitação de mão de obras havia chegado lá.

Porém, e ainda mais grave, é que um pré-candidato a vereador aliado do prefeito Alan Linhares (PCdoB) estaria indicando pessoas para serem contratadas pela empresa, quando o processo de seleção deveria ser feito de forma imparcial, sem o envolvimento de políticos.

Se essa prática ilegal e desonesta for mesmo verdadeira, pra que serve o SINE, então? Na visão do titular deste blog, o SINE/Bacabeira deveria acabar, simplesmente. Pois é de uma maldade sem precedentes o que fazem com os desempregados que cansam de ir em busca de uma vaga de emprego.

Na tentativa de chamar a atenção para a legalidade, trabalhadores já realizaram diversas manifestações na porta do SINE e na BR-135. Algumas vezes, trabalhadores de outros estados e cidades eram trazidos para trabalhar em obras na cidade de Bacabeira e região, enquanto a mão de obra local ficava ‘chupando dedo’.

Pode?!?

E os problemas não param por aí.

Ainda segundo informações, Rosivaldo Linhares, que é diretor do SINE na cidade de Bacabeira, seria parente do prefeito Alan Linhares, o que caberia uma investigação do Ministério Público Estadual neste caso em particular.

Deixe uma resposta